conteúdo publicitário

A Pomitafro mais do que uma festa, é um movimento cultural que possibilitou a construção da identidade do pavoense

Para manter viva a Pomitafro, em meio a pandemia do coronavírus, durante este agosto, mês que tradicionalmente a maior festa do município é realizada, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, Secretaria Municipal de Educação e parceiros: a CDL e comerciantes, moradores, grupos folclóricos e a rádio local, estão realizando o Agosto Cultural Pomitafro.

conteúdo publicitário

Ou seja, desde o início do mês, estão sendo reproduzidas algumas das suas principais atrações, através de ações culturais simples nas ruas e praças da cidade envolvendo os comércios e moradores e que não promovam grandes aglomerações, como decoração de casas e espaços públicos; apresentações de danças típicas pelos grupos de folclore da cidade; o tema Pomitafro está sendo trabalhado nas salas de aula; realização de feirinha gastronômica da Praça do Colono, incluindo pratos da culinária típica local em seu cardápio e muitas outras atrações.

A Pomitafro mais do que uma festa, é um movimento cultural que possibilitou a construção da identidade do pavoense e elevou a sua autoestima, tanto é que podemos dividir, facilmente, a história de Vila Pavão em antes da Pomitafro e depois da Pomitafro.

Noites Culturais

Neste fim de semana a programação se intensificará com a Noite Cultural Italiana nesta sexta-feira (20) na Praça do Colono, a partir das 19h. Na sexta-feira passada aconteceu a Noite Cultural Afro-brasileira. Na próxima sexta (27), acontecerá a Noite Cultural Pomerana, lembrando que as noites culturais são realizadas pelos grupos de cada etnia.

No sábado (28), fechando a programação, a movimentação começa logo pela manhã com a CDL local promovendo as esquinas culturais; depois corrida saindo do Ceier até a Farmácia Pomitafro e em seguida, almoço cultural com transmissão radiofônica.