Você sabia que a Região Metropolitana da Grande Vitória, conhecida pelos centros urbanos, tem produção agrícola de qualidade? Ao longo de 2019, o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) desenvolveu diversas ações a fim de fortalecer a agricultura familiar capixaba nas zonas rurais dos municípios que integram a região.

Dos seis municípios pertencentes ao Centro Regional de Desenvolvimento Rural (CRDR) Metropolitano, se destacaram em áreas distintas Guarapari, Serra e Cariacica. “O que mais marcou o ano e correspondeu ao que foi programado no início de 2019 foi o começo do processo de integração da equipe a partir da realização de reuniões itinerantes nas cidades que compõem o Regional”, afirmou o coordenador do CRDR Metropolitano, Luiz Carlos Leonardi Bricalli.

publicidade

Além de celebrar os resultados do ano que passou, o CRDR Metropolitano planeja 2020: “o foco será a elaboração e o início da execução de um projeto regional com ênfase na agroecologia e na agricultura orgânica”, acrescentou Bricalli.

Veja os municípios que se destacaram na Região Metropolitana e as respectivas ações desenvolvidas pelo Incaper e parceiros:

Guarapari

Bastante conhecido pelas praias que atraem visitantes o ano inteiro, o município de Guarapari, quem diria, destacou-se pelo cultivo de uva. O engenheiro agrônomo e extensionista do Incaper, Cássio Vinícius de Souza, ressaltou a importância do início do cultivo da uva em Guarapari.
“É muito interessante para a diversificação da produção agrícola no município. Além de ser uma cultura nova na região também é uma cultura nobre, que vai fortalecer o agroturismo e favorecer o surgimento de novas indústrias”, disse. O extensionista destacou ainda a participação das mulheres rurais em ações desenvolvidas em parceria com diversas instituições, como a Prefeitura de Guarapari.

Cariacica

O município de Cariacica, que tem na cultura da banana sua principal atividade agrícola, chama atenção pelo crescimento da agroecologia e da agricultura orgânica. Em 2019, o Incaper observou um aumento no número de propriedades rurais que se tornaram aptas a comercializar seus produtos orgânicos a partir da certificação.

Serra

A bovinocultura e as agroindústrias destacaram-se positivamente no município da Serra. O leite produzido nas propriedades rurais de base familiar foi a matéria-prima para muitos empreendimentos agroindustriais na produção de queijo, iogurte e outras iguarias.
“Hoje nós temos propriedades em que os filhos estão assumindo o comando e modernizando o processo. Em uma das propriedade, inclusive, está sendo feita a implantação de um mini laticínio, que vai dar mais qualidade na produção”, afirmou o coordenador do escritório local do Incaper na Serra, Joelson Sutil Jesus Ferreira.

Texto: Hércules Nascimento e Juliana Esteves