Reunião promovida pela Comissão de Agricultura aborda potencialidades e desafios do setor agropecuário na segunda (25)

As potencialidades e os desafios da agricultura capixaba serão debatidos em audiência pública promovida pela Comissão de Agricultura, na segunda-feira (25), às 10 horas, no Plenário Dirceu Cardoso. O encontro foi proposto pelo deputado Emílio Mameri (PSDB).

A audiência contará com palestras do superintendente Técnico da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA), Bruno Barcelos Lucchi, que abordará a política agrícola, e do ex-secretário de Estado da Agricultura e engenheiro agrônomo do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) Enio Bergoli, trazendo um panorama sobre a conjuntura do crédito rural no ES.

- CONTEÚDO PUBLICITÁRIO -

De acordo com Mameri, o objetivo da audiência é levar ao produtor rural e Poder Público informações que colaborem com o planejamento de ações futuras desde a produção, transporte, comercialização, crédito rural e demais políticas públicas voltadas para esse setor.

“Precisamos discutir alternativas para fortalecer principalmente a agricultura familiar. O setor contribui não só para a economia do País, mas também é responsável por produzir o alimento que consumimos diariamente. Se não atuarmos de forma rápida, discutindo a situação do homem do campo com a nova Previdência e facilitando o acesso ao crédito rural, o êxodo no campo será cada vez maior”, enfatizou.

A presidente do colegiado, Janete de Sá (PMN), ressaltou a importância de debater a política agrícola no estado. Para a deputada, a discussão enriquece a elaboração do plano agrícola nacional, que está em construção. “O nosso objetivo é ouvir as demandas, principalmente dos produtores rurais, que vão estar representados pelos sindicatos e a Federação de Agricultura. É uma oportunidade de reivindicar melhorias para o setor agro capixaba”.

Feira

Para marcar a audiência pública em torno do setor agrícola do Estado, a comissão organizou uma feira que acontecerá entre segunda (25) e quarta (27), das 8 às 17 horas, no Espaço Elpídio Malaquias. A abertura será às 13 horas.

De acordo com os organizadores, seis cooperativas e 15 artesãos da economia solidária estão inscritos para participar da feira. A expectativa é que mais de 100 pessoas que vivem do agronegócio passem pelo espaço no período, expondo produtos.

O produtor de vinhos Rikelme Kruger, de Domingos Martins, é um dos expositores. Para ele, a feira é mais que uma oportunidade de negócio. “A expectativa é grande, dada a importância do tema e do local onde essas atividades acontecerão. Quando o Poder Público se aproxima do homem do campo os resultados não são medidos apenas em números, mas se reflete também na qualidade do que chega à mesa do consumidor”, disse. Por Silvia Magna – Ales