Além de fazer um governo participativo, democrático, Bolinha quer trabalhar de forma mais transparente possível, utilizando todos os mecanismos de controle interno e externo, como a Controladoria Interna e Tribunal de Contas

Administração participativa, democrática e transparente.  Essas são algumas das premissas do projeto político do pré-candidato de Vila Pavão, Uelikson Boone, o popular Bolinha (PSB), que já está sendo colocado em prática neste período de pré-campanha, mais à frente na campanha propriamente dita, a partir do registro da candidatura a ser feito até o dia 15 de agosto deste ano e futuramente no seu governo.

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Bolinha destaca que pelo fato de gostar de conversar naturalmente com as pessoas, quer ir além, ouvir os moradores e anotar as principais ideias e sugestões para fazer uma discussão ampla e direcionada com sua equipe.  “Quem mora no município, em determinada região é que sabe verdadeiramente o que é preciso ser feito na respectiva localidade.  Conhecemos bastante a cidade e o interior, mas não temos condições de saber de tudo, por isso as pessoas serão ouvidas mais de perto e com a merecida atenção”, frisa.

O pré-candidato a prefeito relembra do seu período como secretário de Agricultura de Vila Pavão, ocasião em que foi considerado um dos melhores secretários da referida área, no Estado do Espírito Santo.

Na sua avaliação, foi um período de muito trabalho, dedicação e resultados positivos. Ele relembrou de projetos, obras e ações importantes que foram realizadas: implantação dos grupos produtivos e comercialização integrada; atendimento ao produtor rural com serviços de máquinas e equipamentos, organizados com agendamento e atendimento por região; formação e capacitação de jovens e produtores e produtoras rurais; trabalho de parceria com Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Incaper, Mepes, CEIER, cooperativas, associações de produtores rurais, CMEAS (escolas de Praça Rica, Velozo e Todos os Santos), conselhos municipais, igrejas e outras entidades.

Segundo Bolinha, durante a sua gestão na secretaria de Agricultura, o trabalho deslanchou justamente porque os agricultores eram ouvidos e representados por meio das associações.

“O meio rural teve um enorme crescimento naquele período.  Vamos retomar o ritmo acelerado de trabalho em favor do homem do campo, dando atenção às demandas cotidianas dos agricultores.  Se a base da economia é o campo, vamos dedicar grande atenção ao meio rural, para que o comércio na cidade e distritos seja bastante movimentado, mais empregos sejam gerados e a receita da municipalidade cresça ainda mais; e essa receita seja revertida para toda população em forma de obras e ações”, enfatizou Bolinha.

Administração democrática

Bolinha fez questão de argumentar que pretende administrar de forma democrática e para todos, relatando que o município é feito de pessoas e são esses moradores que tem mantido a cidade viva ao longo dos anos, antes mesmo da emancipação.  Por isso, ele já está discutindo o planejamento de inúmeras ações em favor do município, para que problemas antigos sejam resolvidos, a longo, médio e curto prazo.

“Como não fazemos nada sozinho, já estamos buscando apoio junto aos deputados federais e estaduais, e junto ao Governo do Estado para garantirmos recursos por meio de emendas parlamentares para os próximos anos em Vila Pavão”, argumentou.

O deputado federal Da Vitória (Cidadania) já garantiu a articulação de recursos na ordem de R$ 5 milhões para obras estruturantes. Outro deputado que também se comprometeu em defender Vila Pavão e viabilizar recursos junto ao Governo do Estado, é Enivaldo dos Anjos (PSD), que é de Barra de São Francisco.

Além disso, Bolinha destacou que o deputado licenciado e secretário da Agricultura Paulo Foletto (PSB), também está comprometido em discutir sobre a liberação de recursos para o município, a serem aplicados em obras de maior necessidade e interesse da comunidade.  Outros deputados e senadores estão sendo acionados, e certamente também estarão alinhados com Bolinha nos próximos meses.

Transparência total

Além de fazer um governo participativo, democrático, Bolinha quer trabalhar de forma mais transparente possível, utilizando todos os mecanismos de controle interno e externo, no município por meio da Controladoria Interna, em consonância do com o Tribunal de Contas do Estado, Controladoria Geral da União, entre outros de interesse público.

“Por meio do site oficial da Prefeitura, qualquer cidadão por meio de computador ou celular poderá acompanhar o trabalho da Prefeitura, verificando de fato a aplicação dos recursos públicos, folha de pagamento, contratos com empresas e andamento de obras, entre outros detalhes”, finaliza o pré-candidato a prefeito Bolinha.

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO