No dia de ontem (08), uma equipe da Terceira Companhia de Polícia Militar Ambiental procedeu com o atendimento de denuncia anônima de desmate em vegetação nativa, na localidade de Córrego do Estivado, Comunidade de São Domingos, Zona Rural de Jaguaré.

- CONTEÚDO PUBLICITÁRIO -

Durante a vistoria, os agentes ambientais constataram um desmate de 0,3443 hectares da vegetação nativa, o que corresponde a 3.443 (três mil quatrocentos e quarenta e três) metros quadrados, além de muito material residual lenhoso decorrente da atividade.Após verificarem a área, os agentes mantiveram contato com o responsável do local, identificado como V.L.S, de 33 anos, que informou que havia realizado o desmate da vegetação nativa.

Os agentes requereram o licenciamento ambiental emitido pelo Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (IDAF/ES) para a execução do desmate, mas o infrator informou que não possuía licenciamento ambiental e que havia contratado um operador de máquina free lancer para a execução do desmate, que ocorreu em um remanescente do bioma Mata Atlântica em estágio médio/avançado de regeneração natural. Diante das declarações do senhor V.L.S, os policiais militares conduziram o infrator ambiental a presença da autoridade policial da 18ª Delegacia Regional de São Mateus para os procedimentos legais cabíveis, sendo, ainda, apreendido 01 metro cubico de madeira que seria utilizado pelo infrator.

O Comandante da Terceira Companhia Ambiental, Capitão Fabrício Pereira Rocha, salienta que há uma intensificação nas fiscalizações, com o fito de coibir crimes ambientais relacionados ao desmate da vegetação nativa, tendo em vista que crimes desta estirpe degradam, severamente, o meio ambiente, gerando o aquecimento da temperatura, escassez hídrica, grandes períodos de estiagem, êxodo animal, a percolação (infiltração) das chuvas no solo e subsolo, mitigando o volume dos lençóis freáticos, além de mitigar os recursos naturais do local, ocasionado eventualmente o desaparecimento de espécies endêmicas e nativas da fauna e flora. PMES