O deputado estadual Capitão Assumção apresentou requerimento a Mesa Diretora

Dois projetos de Decreto Legislativo foram aprovados na última quarta-feira (5) pela Assembléia Legislativa. Trata-se de duas homenagens que tem causado polêmica assim que foram divulgadas nas redes sociais.

A autoria dos projetos é da deputada Iriny Lopes (PT), que pretende homenagear com o Título de Cidadão Espírito-Santante, o ex-deputado federal pelo Rio de Janeiro Jean Wyllys e João Pedro Stédile, um dos líderes invasores do Movimento Sem Terra.

- CONTEÚDO PUBLICITÁRIO -

Revoltado com a ação, o deputado estadual Capitão Assumção (PSL), apresentou requerimento a Mesa Diretora da Assembléia, recurso para que os projetos que concedem esses títulos sejam apreciados pelo Plenário da Casa. “Assim saberemos quais os deputados estaduais concordam com esse verdadeiro escárnio ao povo do Espírito Santo”, frisou.

Segundo Assumção: “é um verdadeiro absurdo e fora de propósito homenagear duas personalidades que não tem nenhuma ligação com o Espírito Santo, não tem nenhum serviço prestado ao nosso estado. Trata-se de um ex-deputado federal pelo Rio de Janeiro, que renunciou ao seu mandato e hoje vive na Europa, falando mal do Brasil e manchando a imagem do país, e o outro é ninguém menos que um invasor de terras e propriedades rurais, João Pedro Stédile, um criminoso contumaz.”

Além de Assumção, outros sete deputados também fizeram o mesmo requerimento. O assunto ganhou as redes sociais, onde os capixabas tem se mostrado favoráveis ao cancelamento dessa homenagem que é uma afronta a todos os capixabas e um desperdício de recursos públicos, uma vez que os homenageados terão todas as despesas da vinda para receberem a homenagem bancadas pelos capixabas.

Matéria: Fernando Almança