A entrevista foi ao ar no Bom Dia Espírito Santo desta segunda-feira (13).

O governador do Espírito Santo Renato Casagrande (PSB) anunciou, na manhã desta segunda-feira (13), o início da operação do aquaviário, com trajeto entre os municípios de Vitória e Vila Velha, para 2021. Ele ainda divulgou obras importantes para mobilidade urbana da região Metropolitana de Vitória, como a ampliação da Terceira Ponte e o início das obras no Terminal de Itaparica, fechado desde 2018.

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

O governador ainda garantiu concursos para as polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros e também para professores. As contratações para outras categorias são estudadas.

Mobilidade urbana – Aquaviário

O prazo para operação do aquaviário, que vai ligar as cidades da região metropolitana Vitória, Vila Velha e Cariacica, foi prorrogado novamente. De acordo com Casagrande, a nova promessa é de que a operação do modal tenha início em 2021. O projeto está em fase de contratação da empresa.

“O aquaviário vai estar funcionando em 2021. Ele não transporta muita gente não, está certo? Mas é uma alternativa para quem mora perto, em alguns bairros do Centro [de Vitória], de Itacibá [Cariacica], e da Prainha [Vila Velha], mas é uma alternativa a mais para o transporte coletivo”, revelou Casagrande.

Metrô de superfície

Velha promessa de governantes para melhorar o trânsito da região metropolitana de Vitória, o governador afirma que o projeto do metrô de superfície não existe mais.

No entanto, Casagrande informou que o governo foi procurado por uma empresa que tem interesse em instalar um monotrilho leve, que ligaria o Terminal de Carapina, na Serra, e o Terminal Rodoviário de Vitória.

“Nós autorizamos a empresa a estudar e abrimos edital para saber se outras empresas querem também estudar”, informou.

Terminal de Itaparica

Interditado desde novembro de 2018, a obra de reconstrução do Terminal de Itaparica, em Vila Velha, começa em janeiro deste ano e a previsão é de que seja concluída em um ano.

O terminal foi inaugurado em 2009, com investimento de R$ 12 milhões. Um laudo divulgado no final de julho de 2018 apontou problemas na estrutura e riscos de desabamento do teto. A vistoria foi pedida porque, em 2013, parte da cobertura do Terminal caiu durante uma tempestade. Em 2015, outra parte foi removida por também apresentar riscos. Em dezembro de 2018, a cobertura da estrutura foi demolida.

“O terminal não precisava ser derrubado, mas foi derrubado. Recebemos essa herança e estamos dando conta dela”, disse o governador. Quando foi fechado, cerca de 45 mil passageiros dependiam do terminal para pegar ônibus diariamente. As linhas que passavam no local foram transferidas para os terminais do Ibes e de Vila Velha.

Pontes

Outro projeto de mobilidade urbana deixado pelo governador é o da Quarta Ponte. O projeto que ligaria os municípios de Vitória e Cariacica foi apresentado por Casagrande em 2013, na primeira gestão dele no executivo estadual (2011-2015). A previsão era de que a obra tivesse início em 2014 e fosse concluída em 2018.

Agora, Casagrande diz que a construção da Quarta Ponte não está mais na sua programação de governo e o foco de investimento é na reforma da Segunda Ponte, entre Vitória e Cariacica, e ampliação da Terceira Ponte, que liga a capital a Vila Velha. “Se uma empresa privada quiser estudar a Quarta Ponte, nós atualizaremos”, revelou.

Para as obras de ampliação da Terceira Ponte, o governador disse que o edital para contratar a empresa que vai fazer o projeto e a execução será publicado neste mês. O início das obras está previsto para o segundo semestre deste ano. O prazo para a conclusão é de três anos.

Projeto da Quarta Ponte, que ligaria Vitória a Cariacica.

Trânsito

O governador também anunciou obras para melhorar a estrutura viária em trechos de congestionamento da Grande Vitória, como na chegada de Vitória pelo município de Cariacica, com a obra do Portal do Príncipe, e também na região de Carapina, na Serra.

“O trânsito naquela região vai ficar muito melhor quando ficar pronto o contorno do Mestre Álvaro. Para esse ano, a obra tem orçamento R$ 50 milhões. No ano passado foi feito um investimento de R$ 73 milhões. Então, assim, tem orçamento. Mas depende do governo federal liberar esse dinheiro”, informou.

Outra obra que pretende melhorar o trânsito da região é a ampliação da avenida Fernando Ferrari, no trecho da reta do Antigo Aeroporto, que liga o município de Vitória a Serra. O projeto do governo é aumentar uma faixa de cada sentido e fazer um túnel ou elevado na via que dará acesso para os bairros de Fátima e Jardim Carapina.

“O edital para obra será publicado até março e a obra começa no segundo semestre deste ano. A obra vai melhorar a mobilidade na região de Carapina. A empresa que vencer esse edital que vai dizer se a gente vai ter a construção de um túnel ou um elevado para dar acesso aos bairros de Fátima e Jardim Carapina”, explicou Casagrande. Segundo ele, os recursos para essas obras já estão garantidos.

Educação

Para a área da Educação, Casagrande confirmou o concurso público para professor e ainda anunciou investimentos para a ampliação de escolas em tempo integral, formação de professores e investimento em infraestrutura.

Já para fevereiro, o governador disse que o estado terá 28 novas escolas em funcionamento em tempo integral.

Segurança pública

Estabelecida como prioridade de governo para Renato Casagrande, a área da Segurança Pública receberá investimentos na instalação de um Cerco de Inteligência, novo concurso para as polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros, e a volta do Batalhão de Missões Especiais (BME) e da Ronda Tática Ostensiva Motorizada (Rotam), extintos em 2017 pelo governo de Paulo Hartung (MDB).

“Nós vamos contratar mais. Nós tínhamos um concurso para 250 policiais e vamos ampliar para 700 policiais. Mesmo assim, temos uma falta de 2 mil policiais no nosso quadro organizacional”, explicou Casagrande.

BME e Rotam

Segundo o governador, a volta do BME e Rotam ainda não aconteceu por causa dessa falta de efetivo na Polícia Militar. “Se a gente conseguir contratar esses 700 policiais, a previsão é de que [o BME e Rotam] voltem até o final do ano”, afirmou.

Reajuste Salarial

O governo também prevê reajuste para a Polícia Militar na intenção de equiparar os salários dos policiais a média nacional para a instituição.

“Tem previsão [de aumento] se a gente conseguir atender a Lei de Responsabilidade Fiscal e se a gente conseguir manter a nota A na gestão fiscal. A previsão é a gente começar um trabalho em direção a um salário médio nacional”, informou Casagrande.

Saúde – Marcação de consulta

A demora para a marcação de consultas com especialistas e para exames médicos é uma reclamação constante entre os usuários do serviço público de saúde. E, para resolver o problema, Renato Casagrande anunciou que existe um edital aberto para que empresas prestem esses serviços para a população.

“Nós vamos melhorar da seguinte maneira: nós publicamos um edital para um projeto experimental, que vai dar certo, de marcação de consultas por credenciamento para oftalmologia e neurologia. Para oftalmologia nós temos empresas e profissionais interessados e, dia 23, a gente começa na região Noroeste do Espírito Santo com empresas privadas ou filantrópicas que queiram resolver a fila de quem tem necessidade de oftalmologia”, explicou.

Outro passo para diminuir a espera na marcação de consultas e exames, o governador informou que esses recurso será passado para as prefeituras para que o serviço seja prestado pelos município.

Hospitais Infantis

O governador anunciou 94 novos leitos para o Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba). “Nós estamos presentes no Himaba e ele está se tornando um grande hospital infantil”, anunciou.

No Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória, o governador informou que a situação é estável e que a reforma do prédio será concluída neste ano. A rede elétrica já foi reformada. Já o setor de oncologia do hospital será transferido para o Hospital da Polícia Militar (HPM), no bairro Bento Ferreira.

Hospital Geral de Cariacica

Para a obra do Hospital Geral de Cariacica, o governador declarou que a empresa que fará a fundação da unidade foi contratada e está começando a obra.

A construção do hospital está orçada em R$ 17 milhões e a licitação para ela será aberta no primeiro semestre deste ano. O prazo para a conclusão é de quatro anos.

Saneamento e Drenagem

Para a áreas de Saneamento e Drenagem, o governador também anunciou investimento de R$ 400 milhões para a coleta e tratamento de esgoto em Vila Velha. O dinheiro foi captado pelo Banco Mundial e o projeto já está em processo de licitação.

“É um projeto grande que Vila Velha nunca teve. Isso vai melhorar muito a qualidade de vida das pessoas”, declarou.

O outro investimento no município é para obras de macrodrenagem. Para o projeto, orçado em R$ 450 milhões, está prevista a construção de 11 estações de bombeamento em Vila Velha e Cariacica. O objetivo é minimizar os alagamentos nos municípios.

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO