Para o governador Casagrande, a expertise da INESC TEC e a atuação da empresa no Brasil pode tornar o Espírito Santo cada vez mais inovador

A partir desta terça-feira (05), o Governo do Espírito Santo se tornou parceiro do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC) e do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Pesquisa e Desenvolvimento do Brasil (INESC P&D Brasil). A assinatura do Acordo de Cooperação ocorreu na sede do Instituto, no campus da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), na cidade de Porto, em Portugal.

A assinatura faz parte da agenda da missão de inovação a Portugal e tem como objetivo principal o desenvolvimento científico, a inovação tecnológica e o empreendedorismo do Espírito Santo, além da realização de trabalhos em conjunto. Participaram da assinatura o governador Renato Casagrande; o presidente do Conselho de Administração, José Manuel Mendonça; o administrador e coordenador de Cluster, Rui Oliveira e o diretor presidente da INESC P&D Brasil, Vladimiro Miranda.

- CONTEÚDO PUBLICITÁRIO -

Para o governador Casagrande, a expertise da INESC TEC e a atuação da empresa no Brasil pode tornar o Espírito Santo cada vez mais inovador.

“Temos um Estado organizado e que investe em inovação que é uma prioridade em nosso governo. A INESC TEC é uma referência e viemos conhecer um pouco mais a instituição e ver o que podemos fazer em sinergia. Os laboratórios de energia elétrica e de robótica nos mostram como um intercâmbio com a instituição pode trazer benefícios ao nosso Estado. Levar tecnologias que melhorem a vida dos capixabas é uma de nossas prioridades. A instituição atua no Brasil e, com este acordo, pode vir a atuar no Espírito Santo, tornando o Estado em um celeiro de inovação”, ponderou Casagrande.

Outros objetivos específicos do acordo são: incrementar o intercâmbio de informações e dados entre os envolvidos; fomentar o empreendedorismo e a criação de startups no Estado e o entendimento e cooperação entre empresas startups no Espírito Santo e empresas incubadas pelo INESC TEC; apoiar atividades conjuntas entre pesquisadores do Estado, do INESC P&D Brasil e do INESC TEC; dentre outras.

A gestão do termo de cooperação será realizada pelo governador do Estado, por intermédio da Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), pelo presidente do Conselho de Administração do INESC TEC e pelo diretor presidente do INESC P&D Brasil. O acordo tem duração de três anos podendo ser renovado.

A secretária de Estado da Ciência e Tecnologia, Cristina Engel, compõe a comitiva e participou da assinatura do termo de cooperação. Ela comentou sobre a escolha do Instituto para se tornar parceira do Estado na missão de inovação: “O INESC TEC já possui uma perna no Brasil e o que nós pretendemos é ampliar essa atuação, trazendo também para o Espirito Santo. O Instituto é composto por 13 Centros de Pesquisa e Desenvolvimento dentro de Portugal e esperamos que, através do termo, possamos usufruir de tudo que é produzido nesses 13 Centros”, afirmou.

Cristina Engel ainda frisou sobre a forma que o acordo foi construído. “Nós procuramos fazer um termo de cooperação bem amplo, sem fechar em assuntos específicos, pois o INESC TEC trabalha com uma enormidade de laboratórios. Por isso nós procuramos fazer um termo de cooperação bem abrangente de forma que depois possam ser inseridos termos mais específicos”, destacou.

A comitiva conheceu o trabalho realizado pela INESC TEC, em seguida visitou o laboratório de redes elétricas inteligentes e veículos elétricos; o laboratório de robótica e sistemas robóticos autônomos e o laboratório de microfabricação e imagiologia.

Instituto

O INESC TEC é uma instituição privada de pesquisa sem fins lucrativos, dedicada à pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico, transferência de tecnologia, consultoria e treinamento avançados e pré-incubação de novas empresas de base tecnológica. Ele atua na interface do mundo acadêmico e empresarial, aproximando academia, empresas, administração pública e sociedade. O Instituto incorpora 13 Centros de Pesquisa e Desenvolvimento que estão estruturados em quatro domínios temáticos: Ciência da Computação; Indústria e Inovação; Sistemas Inteligentes em Rede; e Potência e Energia.

O INESC P&D Brasil

Em 2012, o modelo de gestão organizacional e científica do INESC TEC foi exportado para o Brasil e, assim, o INESC P&D Brasil foi criado. Sua rede já conta com mais de 13 universidades, de 11 estados brasileiros, cujo objetivo é produzir ciência, transferir tecnologia e criar valor no Brasil.

A comitiva do Governo do Estado é composta ainda pelo secretário do Governo, Tyago Hoffman e pelo diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), Denio Rebello. Também participaram das visitas o deputado federal e membro da comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara, Ted Conti e o vereador de Vitória, Max da Mata.