A meta preconizada pelo Ministério da Saúde de 90% de vacinação para os públicos dos idosos e dos trabalhadores da saúde foi superada no Espírito Santo com 134,22%

O Estado já vacinou 1.093.526 pessoas, segundo dados parciais do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI), para a campanha que teve início no dia 23 de março e será encerrada no próximo dia 30 de junho.

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

A meta estipulada pelo Ministério da Saúde visa a proteger o público-alvo contra a doença, além de contribuir na redução da circulação viral e o impacto sobre os serviços de saúde.

O objetivo agora para o Estado, segundo a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis, Danielle Grillo, é ampliar e melhorar a homogeneidade entre os grupos prioritários.

“Precisamos agora garantir a homogeneidade de cobertura entre os grupos prioritários. Estamos com um resultado excelente na vacinação dos idosos e trabalhadores da saúde, mas é fundamental que as gestantes, crianças de 6 meses a menores de 6 anos e adultos de 55 a 59 anos, que são os grupos com o menor número de vacinados, busquem a vacinação até o final da campanha”, explicou a coordenadora.

Dados no Espírito Santo

Até a manhã desta segunda-feira (01), a meta preconizada pelo Ministério da Saúde de 90% de vacinação para os públicos dos idosos e dos trabalhadores da saúde foi superada no Espírito Santo com 134,22% (497.655 vacinados) e 104,37% (103.906), respectivamente.

Nos demais grupos, a meta ainda precisa ser alcançada, como as crianças com 54,48% (152.268 vacinadas), gestantes 46,70% (18.712 vacinadas), puérperas 62,43% (4.111 vacinadas), indígenas 81,91% (3.794 vacinados) e adultos de 55 a 59 anos com 53,70% (87.656 vacinados).

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO