conteúdo publicitário

Uma reivindicação antiga do Centro Estadual Integrado de Educação Rural (CEIER), de Vila Pavão, foi atendida pelo Governo Estadual

A escola, localizada na zona rural, cerca de quatro quilômetros de distância da sede do município, receberá uma quadra poliesportiva coberta, com um investimento de  R$ 1. 757.869,51.

conteúdo publicitário

Até então, as atividades esportivas e de recreação com os alunos eram realizadas em condições precárias, num antigo recinto de cimento que acaba de ser demolido para dar lugar a uma moderna quadra poliesportiva coberta, com arquibancada, palco, padrão fundação direta e outras comodidades que irão satisfazer todas as necessidades do educandário e comunidade local.

O resumo do contrato para execução dos serviços de construção da quadra foi publicado no Diário Oficial do Estado, de ontem (segunda-feira, 19).  As intervenções já começaram. O prazo contratual de conclusão é de 150 dias.

Criado há 38 anos com uma metodologia voltada para a Agroecologia, a escola vem pensando a educação no sentido de estar construindo um projeto de agricultura e de relação com a terra, desempenhando um papel importante na educação formal, adotando a agroecologia, representada através de uma abordagem agrícola que incorpora cuidados especiais relativos ao meio ambiente.

A construção de uma quadra poliesportiva era um pleito antigo da comunidade escolar local. O projeto original do Governo contemplava a construção de uma quadra nos moldes simples que envolvia recursos da ordem de R$ 575.000,00, mas uma articulação envolvendo uma equipe da escola, capitaneada pelo prefeito Uelikson Boone, o Bolinha, junto à Secretaria de Estado da Educação (Sedu) e Casa Civil, solicitou a ampliação do projeto. Na argumentação, o grupo destacou a importância do Ceier, a única escola do município de tempo integral, além dos fatores mencionados no parágrafo anterior, que sensibilizaram os representantes do governo, fazendo com que o projeto fosse revisto.

“A diretora Elisangela Toretta e os professores Claudiney Helmer e Leandro Monteiro Silva, representando a escola me procuraram e colocaram o sonho de ter um espaço mais apropriado, que além de atender a demanda esportiva e recreativa, atendesse  também a comunidade na realização de eventos sociais, reuniões com os pais de alunos, formaturas, seminários e outros. Então, após essa discussão, formamos uma equipe e sentamos com o Subsecretário de Estado de Suporte à Educação, Aurélio Meneguelli Ribeiro e com Gilson Daniel da Secretaria de Governo, para discutir a possibilidade de ampliação do projeto, e para nossa surpresa, pouco tempo depois, fomos comunicados que o Governador Renato Casagrande, havia autorizado a modificação no projeto que de R$ 575.000,00 passou para R$ 1. 757.869,51, o que possibilitará a construção de um miniginásio poliesportivo no terreno da escola para cumprir a função esportiva e social da comunidade local”,  pontuou o prefeito, Bolinha.

Importância do empreendimento

Para a diretora do Ceier, Elisangela Toretta, o empreendimento é a consumação de um sonho antigo da escola e da comunidade local, que carece de espaço adequado para o desenvolvimento de atividades esportivas, culturais  e recreativas.

“Essa conquista nos enche de alegria porque é um sonho almejado pela comunidade escolar há anos e agregará valor na formação dos nossos estudantes; estes que já sentem orgulho de fazer parte dessa escola, estão ansiosos para ver a obra concluída. Importante destacar que o apoio da atual administração municipal foi imprescindível para a realização deste sonho. Estamos gratos ao Governo Estadual porque receber esse presente nesse momento de dificuldade financeira que o estado e o mundo estão vivendo devido à pandemia, só foi possível porque temos uma gestão pública que acredita no poder transformador da educação. Essa quadra é uma honra e uma satisfação muito grande para a família CEIER de Vila Pavão Pavão “, disse a gestora.