A polícia apreendeu uma menina de 13 anos no último domingo (29) suspeita de ter matado o pai, de 33 anos, com uma facada no peito, em Jataí (GO). De acordo com as investigações, a garota cometeu o crime porque estava apaixonada pela madrasta, de 20, e foi repreendida pelo pai. As informações são do G1.

conteúdo publicitário

O homem chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital. A menina foi encontrada “sentada tranquilamente” na casa da avó, a um quarteirão do local do crime. Conforme os agentes que atenderam a ocorrência, a adolescente confessou o ato infracional.

Aos policiais, a menina teria afirmado que estava apaixonada pela madrasta e que seu pai “teria a ameaçado em virtude dessa paixão”. Ela também afirmou que ingeriu bebida alcoólica para ter coragem de esfaquear o pai.

Ainda segundo a polícia, a jovem foi até a casa do pai enquanto o homem e a madrasta estavam dormindo. A mulher foi quem abriu a porta. Para ela, a menina afirmou que queria “fazer as pazes” com o pai.

Assim que entrou no quarto, ela desferiu um golpe no pai quando ele começava a acordar. A menina está apreendida na delegacia da cidade, mas deve ser transferida para um centro de internação provisório.

De acordo com a polícia, ela deve responder por ato infracional análogo a homicídio triplamente qualificado, por motivo fútil, dissimulação e meio que impossibilitou a defesa da vítima. Por ser menor de idade, pode cumprir uma medida socioeducativa de, no máximo, três anos.