conteúdo publicitário

O principal suspeito é o marido da vítima, que teria tentado cometer suicídio após o assassinato; uma testemunha relatou ter ouvido quatro disparos

Uma mulher de 36 anos foi morta durante a madrugada deste sábado (15) na região de Araçuí, zona rural de Castelo. Leidiane Erqui Tonetti Andreão foi assassinada a tiros e o marido da vítima é o suspeito de cometer o crime. A filha do casal, de apenas 8 anos, presenciou a execução, segundo a polícia.

conteúdo publicitário

Assim que chegaram no local do crime, policiais militares fizeram contato com uma testemunha que disse ter ouvido quatro disparos de arma de fogo na casa de um vizinho.

Ainda segundo a testemunha, logo após os disparos, a filha do casal que mora na casa em que houve os tiros apareceu pedindo ajuda. A criança disse que o pai teria atirado na mãe dela e em seguida tentado atirar na própria cabeça.

Após os policiais entrarem na casa, encontraram a vítima, Leidiane Erqui Tonetti Andreão, e o suspeito, Wellington Denadai Andreão, de 41 anos, caídos e com marcas de tiro. O Samu e o Corpo de Bombeiros foram acionados. A mulher não apresentava sinais vitais e o homem foi socorrido em estado grave e está internado em um hospital.

Segundo informações da Polícia Militar, uma pistola foi encontrada no local do crime. A arma, que era de posse do suspeito, foi apreendida.

A Polícia Civil informou que o corpo da vítima foi encaminhado para o Serviço Médico Legal de Cachoeiro de Itapemirim para ser liberado aos familiares e para realizar o exame cadavérico, que vai apontar a causa da morte.

Fonte: Folha Vitória/com informações do Jornalismo da TV Vitória