O presidente Jair Bolsonaro dá posse ao novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, em cerimônia no Palácio do Planalto. Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Por Paulo César Dutra (PC)

Em seu discurso de posse, o ministro da Educação e Cultura – MEC – Abraham Weintraub disse que sua missão será servir a toda a nação, mesmo quem não concorda com o governo. “A gente está aqui para servir ao povo e não apenas aos que trouxeram esse governo a ocupar o cargo atual”, disse.

Weintraub afirmou que é diferente dos antecessores, por apresentar um perfil técnico, sem filiação partidária e com experiência no mercado.

- CONTEÚDO PUBLICITÁRIO -

“Tenho convicções políticas e elas guiam meus passos. Tenho certeza que vou conseguir entregar o resultado esperado”, disse. Segundo ele, 70% dos ex-ministros eram professores universitários e que 65% tinham filiação partidária.

Desembargador condenado

O desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Ceará – TJ/CE Carlos Rodrigues Feitosa foi condenado ontem, segunda-feira, dia 8, a mais de 13 anos de reclusão, em regime inicial fechado, por vender decisões em plantão judicial. O filho do desembargador e outros advogados envolvidos no esquema também foram condenados pela Corte Especial do Supremo Tribunal de Justiça – STJ. O esquema era negociado em grupo do WhatsApp, onde o filho do magistrado anunciava as datas dos plantões.

Comércio de decisões

Já era fim do dia quando o relator da ação penal relada na nota anterior, ministro Herman Benjamin, do STJ, foi proferir voto, após quase três horas de sustentações orais. Herman foi categórico: “É o caso de corrupção judicial mais aberrante.” O revisor Jorge Mussi não ficou atrás: “A prova da autoria e materialidade é estarrecedora.”

Mais uma pra conta

Após a condenação pela venda de decisões, o desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Ceará – TJ/CE Carlos Rodrigues Feitosa também foi condenado por exigir parte de salário de servidoras nomeadas em comissão, no famoso Rachid Judicial.

Xô, conta outra

A presidente Nacional do PT, Gleisi Hoffmann marcou presença no “1º Encontro de Evangélicos do PT”, em São Paulo. “A luta do PT traz os ensinamentos de Jesus, que sempre foi a nossa referência”, disse Gleisi.

Contarato na Campanha da Fraternidade

O Senador Fabiano Contarato participa de palestra sobre políticas públicas, tema da Campanha da Fraternidade 2019, na próxima sexta-feira (12), em Vila Velha. Evento promovido pelo Colégio Marista Nossa Senhora da Penha será realizado para alunos e comunidade educativa pela manhã e tarde. Contarato fará palestra com o tema: Políticas Públicas. A Campanha foi lançada no último sábado, dia 6, pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) com o tema “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça”. A CNBB busca chamar a atenção dos cristãos para o tema das políticas públicas, ações e programas desenvolvidos pelo Estado para garantir e colocar em prática, os direitos que são previstos na Constituição Federal e em outras leis.

Cenário

O governo Jair Bolsonaro completa amanhã 100 dias.