Políticos e analistas experientes, acreditam, entretanto, que o município contará mesmo com apenas dois candidatos a prefeito

Timidamente o processo sucessório municipal de 2020 em todo país começa a ser desenhado com as definições que vão surgindo naturalmente, por meio das articulações partidárias.

Em Boa Esperança, por exemplo, dois nomes já confirmaram publicamente a intenção de disputar a Prefeitura do município nos últimos dias: o empresário Cláudio Rodrigues (Cidadania) e o vereador Josil Sangiorgio (Podemos).

Cláudio Rodrigues

Cláudio na disputa

- CONTEÚDO PUBLICITÁRIO -

Cláudio não só confirmou a possibilidade de participar da eleição, como já está arquitetando estratégias de marketing e ações em prol da sua futura candidatura.  Ele está filiado ao Cidadania, o antigo PPS (partido de Charles Faria), entretanto, articula com as lideranças locais do PSB a sua filiação à sigla.

Cláudio na disputa II

A sua entrada no ninho da pomba, teoricamente, não significa que Cláudio Rodrigues será de fato o candidato a prefeito do partido no próximo ano.  Isso porquê, a sigla tem outros dois nomes para representar o PSB: o ex-vice-prefeito e empresário Valdir Turini e o secretário de Esportes Rogério Vieira.

A definição da chapa, com certeza irá ocorrer na convenção partidária a ser realizada entre julho e agosto de 2020.

Josil Sangiorgio e Charles Faria

Josil e Charles

Com relação a Josil Sangiorgio, há uma tendência de formação de chapa com o ex-vereador Charles Faria (Cidadania), que também está cacifado para a disputa do cargo de prefeito de Boa Esperança.  Levando-se em consideração que Charles disputou as duas últimas eleições – 2012 e 2016 – contra o ex-prefeito Romualdo Milanese (SD), que não ocasião apresentava avaliação positiva de mais de 80% de aceitação da população.

Atualmente os dois: Josil e Charles são pré-candidatos a prefeito.

Prefeito Lauro Vieira

Lauro Vieira: reeleição

Com o objetivo de marcar território e manter-se na liderança do processo sucessório em Boa Esperança, o prefeito Lauro Vieira (PSDB) já não faz mistério quando a sua vontade de disputar a reeleição.

Tendo em sua base de aliados desde a sua eleição em 2016, bem como, nas eleições anteriores os principais partidos, ao que tudo indica, o prefeito buscará manter o grupo unido em torno de uma chapa de consenso, onde possivelmente estariam as siglas: PSDB, PP, PRB, MDB, PSB, PT e SD.

Jocemar Xavier

Xavier no páreo

Dentro deste grupo de partidos, outro nome novo surge como interessado na disputa da cadeira de prefeito.  Trata-se do presidente da Câmara Jocemar Xavier (MDB), que aliás já declarou não ter pretensões na disputa do Poder Legislativo.

Romualdo: guru político

Além dos nomes já citados, o ex-prefeito Romualdo Milanese (SD) não confirma a pré-candidatura, nem tampouco descarta a sua participação como candidato a prefeito em 2020.

Agindo naturalmente nos bastidores como uma espécie de guru político, conselheiro, consultor e estrategista de alguns partidos, Romualdo vai mantendo em seu entorno várias lideranças e partidos, entre os que compõem o atual governo, bem como, novas lideranças que nunca disputaram cargos públicos.  Tudo como foco nas eleições de 2020, e por que não dizer, já pensando em 2022.

A dupla Romualdo e Valdir fizeram história no Espírito Santo com a chapa única em Boa Esperança nas eleições de 2008. Foto: arquivo GN1

Dupla dinâmica

Não é novidade que uma possível chapa na eleição do ano que vem, seria o retorno da dupla dinâmica: Romualdo e Valdir.  Que supostamente contaria com as bênçãos do Palácio Anchieta, do deputado estadual Freitas, do ex-deputado federal Dr Jorge Silva, entre outros políticos com atuação regional.

 

Rogério Vieira

Valdir em defesa de Rogério

Mesmo tendo o nome citado como pré-candidato a prefeito ou vice-prefeito, Valdir Turini tem dito que não pretende disputar cargo eletivo no próximo ano, e que defenderá o nome do presidente do PSB, ex-vereador e secretário de Esportes Rogério Vieira.

Tendência natural

Se somados todos os nomes já cogitados, Boa Esperança teria oito pré-candidatos a prefeito na eleição de 2020.

Políticos e analistas experientes, acreditam, entretanto, que o município contará mesmo com apenas dois candidatos a prefeito, com os vices saindo entre os nomes já mencionados ou outros novatos, podendo inclusive ser de uma mulher.