Foto: G1 - Globo

O governo do Espírito Santo também criou um comitê de emergência para lidar com a possível chegada de óleo ao litoral do estado

Mais de mil toneladas de resíduos de óleo foram recolhidas das praias do Nordeste. A informação é da Marinha do Brasil. O petróleo cru chegou a 233 localidades em 88 municípios.

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

O perigo do óleo ir para além dos nove estados nordestinos fez com que o Pará, na região Norte, e o Espírito Santo, no Sudeste, montassem comitês de emergência.

Equipes do governo do Pará se deslocaram para os municípios da costa atlântica paraense. Estão sendo realizadas ações de coleta de amostras de água e orientação à população sobre como agir em caso de aparecimento de óleo nas praias. A Defesa Civil dos municípios e as secretarias municipais de Meio Ambiente também foram acionadas.

O governo do Espírito Santo também criou um comitê de emergência para lidar com a possível chegada de óleo ao litoral do estado.  Entre as ações em curso estão reuniões com gestores dos municípios de Conceição da Barra, São Mateus e Linhares, para unificação de informações e de ações preventivas.

A Secretaria de Meio Ambiente do Espírito Santo explicou que ainda não é possível determinar a chegada do óleo às praias capixabas, porém o monitoramento é contínuo.  A pasta disse ainda que está em contato com os gestores costeiros baianos e que também recebe informações atualizadas dos órgãos federais de meio ambiente.

Quase dois meses depois dos primeiros registros, as manchas de óleo ainda têm fluxo desconhecido pelas autoridades brasileiras.

Fonte: Agência Brasil

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO