O PSD, que já tem como pré-candidato a prefeito o deputado estadual Enivaldo dos Anjos, agora quer disputar também a indicação do candidato a vice-prefeito na convenção conjunta dos partidos aliados, já agendada para o dia 12 de setembro.

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Dois nomes foram inscritos para concorrer com Gustavo Lacerda (Republicanos), o único nome que havia até então: o contabilista Paulo Pogito e o empresário Maurício Toledo.

Enivaldo tem defendido a ideia de incentivar a participação política de todas as pessoas “que têm vontade de contribuir para o futuro da cidade” e isso, segundo ele, inclui também a ocupação de vice na chapa, uma vez que seu nome parece consolidado entre os aliados de primeira hora – PSDB, PTB e Republicanos, que apoiam, em bloco, o nome de Gustavo para a vice, embora o ex-diretor da Ciretran e do Hospital Alceu Melgaço Filho esteja se colocando também como pré-candidato a prefeito.
“Esse é um período de construção de alianças. O PSD, o PSDB, o PTB e o Republicanos são aliados de primeira hora, mas estamos conversando com outros partidos para comporem a coligação e todos eles poderão propor seus nomes para a chapa majoritária. O que vai definir a convenção, que vamos fazer juntos. Meu nome está posto no PSD como pré-candidato a prefeito e, agora, vamos escolher o vice. Nada é impositivo, tudo é discutido e construído”, disse Enivaldo.

Os dois nomes do PSD para ocupar a posição de vice com Enivaldo dos Anjos são tradicionais e conhecidos na cidade. Paulo Roberto Araújo é advogado e contador e jogou futebol, em competições regionais e no Campeonato Capixaba pelo Santos, de Barra de São Francisco. Ganhou o apelido de Paulo Pogito por sua semelhança com outro jogador, Pogito, revelado no Botafogo e levado para a cidade também por Enivaldo, depois de jogar no Santa Cruz de Recife (PE).

Já Maurício Toledo é empresário do ramo de rochas ornamentais, tendo uma das maiores mineradoras de granito da região Noroeste. Foi prefeito de Mantena e filiou-se ao PSD há quatro anos, tendo seu nome cogitado para prefeito. Porém, declinou do convite por considerar que suas empresas demandam muito de seu tempo, mas na condição de vice-prefeito ele já disse que aceita disputar.

Fonte: Site Vitória

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO