A Coleta Seletiva nas Comunidades Rurais do município, visa atender a necessidade das comunidades que anseiam por uma maneira ecologicamente adequada de destinar seus resíduos

A Prefeitura Municipal de Boa Esperança, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema), realizou mais uma ação para a “Expansão do Programa de Coleta Seletiva Municipal”. Na manhã de domingo dia 03, foi promovida uma reunião na Comunidade da Garrucha com a participação de técnicos e colaboradores da Sema, membros da Associação de Profissionais da Reciclagem de Boa Esperança (Aprebe) e mais de 50 pessoas da comunidade.

No encontro foram prestados à comunidade, esclarecimentos sobre o Programa Municipal de Coleta Seletiva, bem como a separação correta do lixo para ser coletado. Na ocasião também, foi feita a instalação de um “Ecoponto” para a entrega voluntária de material, que será coletado pela equipe da coleta seletiva, todas as quartas-feiras e também agendamos para terça-feira a partir das 13 horas, um “Dia D”,  quando será realizado juntamente com a Aprebe, um mutirão para a limpeza e recolhimento de materiais recicláveis.

- CONTEÚDO PUBLICITÁRIO -

A Implantação da Coleta Seletiva nas Comunidades Rurais do município, visa atender a necessidade das comunidades que anseiam por uma maneira ecologicamente adequada de destinar seus resíduos, que na maioria das vezes, por falta de opção, tem de queimar em suas propriedades.

“E com a ação que já foi realizada em várias outras comunidades, temos observado, que os materiais provenientes dessas comunidades, geralmente é de qualidade muito superior do que muitos bairros e distritos do município, com materiais sempre bem limpos e separados sem contaminação com rejeitos e outros contaminantes”, destaca o coordenador do Programa Municipal de Coleta Seletiva, Cristiano Bastianeli.