publicidade

O curso segue até a próxima sexta-feira (29). Estão previstas visitas técnicas às barragens de Duas Bocas, em Cariacica, e Rio Bonito, em Santa Leopoldina

Começou na manhã desta segunda-feira (25), em Vitória, o curso de Inspeção e Segurança em Barragens. O treinamento de 40 horas é voltado para funcionários públicos que tenham atuação direta na área. O objetivo é capacitar fiscais locais para realizar inspeções e elaborar relatórios sobre a segurança e estabilidade dos reservatórios.

Na turma estão servidores do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), da Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh), da Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), Defesa Civil e de 19 prefeituras. Ao final do curso, a expectativa é de que os servidores sejam capazes de identificar as principais anomalias em barragens e emitir laudos preliminares referentes à segurança.

Para o subsecretário de Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Rodrigo Vaccari, o curso é ótima oportunidade de capacitação. “Temos muito trabalho pela frente. É um grande passo que estamos dando, junto com os planos de segurança de barragem”, disse.

Para o instrutor do curso, Ricardo Aguiar, o foco é a prevenção. “Vamos capacitar os profissionais para o dia a dia, observando como as barragens funcionam, como são operadas e como suas anomalias podem ser detectadas. Assim, o Estado poderá planejar a recuperação, melhorias e garantir a segurança das estruturas”, explicou.

A equipe de fiscalização da Agerh também participa do curso, que é idêntico ao ministrado pela Agência Nacional de Águas (ANA), em Brasília. O diretor-presidente da Autarquia, Fabio Ahnert, deu as boas-vindas aos alunos e destacou a importância das medidas de segurança em barragens.

“A segurança dos reservatórios é uma prioridade desta gestão. Por isso, estamos realocando servidores internamente e capacitando pessoas que possam se unir a essa força-tarefa no Estado e nos municípios.”

Ahnert destacou, ainda, o esforço pela mudança na governança dos reservatórios no Espírito Santo. “Queremos que nossas barragens tenham condição de segurança e de eficiência. Quando bem localizadas, elas aumentam a disponibilidade hídrica da região, atraindo mais investimentos e atividades econômicas”, completou.

O curso segue até a próxima sexta-feira (29). Na programação estão previstas visitas técnicas às barragens de Duas Bocas, em Cariacica, e Rio Bonito, em Santa Leopoldina.

A capacitação é oferecida pela Seag, pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e pela Agerh, e conta com a parceria da Federação da Agricultura do Estado do Espírito Santo.

publicidade