Valdirim assumiu pela segunda vez a cadeira de prefeito devido as férias do prefeito Lauro Vieira. Foto: arquivo sessão de posse em 2018
publicidade

Vários nomes já demonstram interesse em disputar a cadeira de prefeito de Boa Esperança, alguns com mais destaque e outros com chances “remotas”.

O vice-prefeito de Boa Esperança Valdir Ramos Mattusoch, o Valdirim afirmou nesta segunda-feira, 11, que até a eleição municipal do próximo ano, juntamente com a diretoria, tem o propósito de promover a reestruturação do seu partido, o MDB.

Um dos partidos mais tradicionais do município, o MDB já esteve no auge, tanto em nível nacional, estadual e municipal, mais isso parece não desanimar o correligionário fiel.

Valdirim promete atuar de forma orquestrada com o ex-deputado federal Lelo Coimbra em prol da melhoria na imagem do MDB em Boa Esperança.

Delegado

A estratégia de Lelo, é certamente trabalhar internamente nas direções municipais, visando conquistar o maior número possível de delegados, que votariam a seu favor na eleição do novo diretório da sigla.

Já foram delegados do MDB nos últimos anos: Guil, Antônio Milanese e Romualdo Milanese.

Prefeitos do MDB

O MDB (que nasceu MDB, depois virou PMDB e voltou a ser MDB) ao longo da história política de Boa Esperança elegeu prefeitos e vereadores, com destaque para Etury Barros, o Etinho, em 1982; Agnaldo Chaves, o Guil, na eleição de 1996, e posteriormente Romualdo Milanese, em 2008 e 2012.

Vice e dois vereadores

Atualmente o partido tem o vice-prefeito Valdirim, o presidente da Câmara, Jocemar Xavier e José da Paz.

Filiados ilustres

Ao lado do PFL (hoje DEM), PDS, o MDB fez história em Boa Esperança, no Espírito Santo e país afora.  Aqui na terra do ouro verde, ainda há ilustres filiados que fizeram parte da fundação do partido no município, nos idos dos anos 60, a exemplo de Vicente Carvalho.  Além de Pierre dos Santos, Valdemyro Corradi, Ercy Calvi, Ataides Lopes, o Taidinho, Antônio Gomes Figueiredo, Darcy do Livramento, esses já falecidos, entre outros.

Vereadores “jacarés”

Na vereança o destaque fica para o ex-vereador Antonio Milanese, que conquistou a marca de cinco mandatos; seguido pelo ex-vereadores José Xavier da Silva, o Zequinha Xavier (in memoriam); Darcy Vieira; Laurindo Batista dos Santos, o Lorinho; Valmir Antunez Luz; Virgílio Calatrone; Iracy Chuína Honório; Fernandes Rondelli (in memoriam); José Valane da Cruz, entre outros dos tempos mais antigos da política esperancense.

MDB tem nome

Além do fortalecimento do partido, Valdirim demonstra interesse em manter o seu nome como pré-candidato a prefeito na eleição de 2020, segundo ele, mantendo o diálogo com o grupo em torno da formação de uma chapa de consenso entre os nomes que estiverem com melhor avaliação pela população.  Outro nome do partido é do vereador Jocemar Xavier.

Migração possível

Não é segredo que dos dois vereadores do MDB, há possibilidade de ambos migrarem para outras siglas.

Segundo informações de bastidores, o presidente da Câmara Jocemar Xavier almeja disputar a sucessão do prefeito Lauro Vieira em 2020, e talvez numa sigla nova. O partido Novo, que está sendo estruturado em Boa Esperança, seria a opção mais provável.

Já o vereador José da Paz também deixa escapar a possibilidade de mudar de partido dentro prazo legal. O PSL é um dos partidos visualizados pelo parlamentar.

Há exatos daqui um ano – em março de 2020 – a Justiça Eleitoral vai abrir a chamada ‘janela eleitoral’ para os mandatários mudarem de partido.

Nomes (sem filtro)

Falando em eleição municipal de 2020, e faltando mais de um ano para o início do processo eleitoral, propriamente dito, vários nomes já demonstram interesse em participar do futuro pleito, alguns com mais destaque e outros já consideradas pela opinião pública com chances “remotas”.

A lista que no decorrer do tempo vai passando por um certo “filtro natural”, tem os nomes do prefeito Lauro Vieira (PSDB), ex-prefeito Romualdo Milanese (SD), vice-prefeito Valdirim (MDB), ex-vereador Charles Faria (PPS), ex-vice-prefeito Valdir Turini (PSB), secretário de Esportes Rogério Vieira (PSB), presidente da Câmara Jocemar Xavier (MDB), Amarildo Teixeira, o Parrudo (DEM), Jan Carvalho (PSL), ex-vice-prefeito Everaldo Lourenço (PT); vereador Josil Sangiorgio (Podemos); vereador Marquinhos do Sindicato (PSDB), ex-vereador Samuel da Rocha Verly (PR), empresários Claudiovane Leite e Cláudio Rodrigues.

Mulheres em alta

Ainda há as novidades que poderão surgir no decorrer do processo eleitoral, com a “aparição” de novos nomes, bem como, a entrada de mulheres na disputa pela cadeira de prefeito.

Desde a emancipação do município em 03 de maio de 1964, até então apenas a advogada Marineide Montes disputou pelo PSDC, a eleição para prefeita de Boa Esperança, na eleição de 2012.

Ao longo da história política, várias mulheres disputaram o cargo de vereadora, e foram eleitas Iracy Chuína Honório (PMDB) em 1988, depois Maria Aparecida Batista (PT) em 2008 e Cleides Helena Capettini (PT), eleita em 2012 e reeleita em 2016.

Por Antônio Carlos da Silva

* Coluna Na Mira é publicada simultaneamente nos Portais GN1 e OR7

publicidade