Jacqueline Moraes destacou a sua própria trajetória de vida, no período em que era camelô e produzia peças de artesanato.

A vice-governadora Jaqueline Moraes participou, na tarde dessa sexta-feira (15), do evento em comemoração ao Dia do Artesão na sede do Serviço de Apoio Às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae-ES), em Vitória. Com roda de congos, palestras e homenagens, a programação refletiu a valorização da cultura capixaba, além de promover um encontro festivo entre os produtores de artesanato no Estado.

Durante o evento, Jaqueline Moraes fez uma palestra sobre políticas públicas, empoderamento feminino e soridade na valorização da produção artesanal do Estado, que é feita, em sua maioria, por mulheres empreendedoras. Ela lembrou que “80% do artesanato no Espírito Santo saem das mãos femininas.

- CONTEÚDO PUBLICITÁRIO -

Jacqueline Moraes destacou a sua própria trajetória de vida, no período em que era camelô e produzia peças de artesanato – como letreiros com nomes de recém-nascidos para serem colocados nas portas de maternidade. “Ajudou muito a aumentar minha renda naquela época”, lembrou.

Diante dos casos de violência contra as mulheres, a vice-governadora conclamou todo o segmento do artesanato capixaba a se engajar, juntamente com o Governo do Estado, nas reflexões sobre a Cultura da Paz. “O Espírito Santo precisa ser pioneiro nessa abordagem através da sua produção cultural. Os artesões estão sendo convocados a pensarem nos lares e no seio das famílias sobre a violência doméstica que acontece em todo o Brasil, onde a mulher é agredida, onde os filhos são agredidos”, afirmou.

Segundo Jacqueline Moraes, “com este pensamento da paz em todo o nosso cotidiano, inclusive na nossa produção cultural, podemos enfrentar e exterminar esse monstro ainda presente chamado violência doméstica”.

Também participaram do evento, a primeira-dama do Estado, Maria Virginia Casagrande; o secretário de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Bruno Lamas; além de outras autoridades e convidados. O evento foi realizado pelo Sebrae-ES, em parceria com o Governo do Estado, por meio da Setades e da Agência de Desenvolvimento das Micros e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), e da Federação das Associações de Artesanato do Espírito Santo (Feartes).